Com segmento corporativo, VoIP pode movimentar US$ 82,7 bi até 2017

 

Motivado por telefones em cloud, serviços de comunicações unificadas e SIP Trunking, o mercado de VoIP para residencial e corporativo movimentou US$ 63 bilhões em 2012, um aumento de 9% em relação a 2011. Segundo previsões da Infonetics, até 2017 o número pode saltar para US$ 82,7 bilhões.

Os novos lançamentos e soluções híbridas lançadas por empresas são os motivos desse movimento. Na busca por soluções flexíveis e que podem reduzir custos, as soluções de voz sobre IP têm ganhado espaço no segmento corporativo, e de acordo com a analista do instituto de pesquisa e especialista em mercados VoIP e UC, Diane Myeras, o segmento tem mudado nos últimos anos.

“No início, a adoção era maior em mercados desenvolvidos, mas novas regiões já buscam soluções de UC e SIP Trunking", e segundo Diane, esses mercados podem acelerar o segmento nos próximos anos.

A redução de custos tem sido um dos motivos da adoção de SIP Trunking, por exemplo, que saltou 83% em 2012, e de acordo com a Infonetics, muitas empresas adotam essas soluções por serem mais flexíveis. Mas a pesquisa destaca outras oportunidades com VoIP, como serviços de IP gerenciado, PBX e de sistemas dedicados a empresas, que também movimentaram o mercado ano passado.

Por fim, o estudo afirma que a NTT continua como maior prestadora no segmento residencial, com 7,6% do total de assinantes; seguida pela Comcast e France Télécom.

Veja matéria na integra acessando a página:

 

http://www.ipnews.com.br/telefoniaip/index.php/telefonia-ip/categorias-de-telefoniaip/voip/26921-com-segmento-corporativo-voip-pode-movimentar-us-827-bi-ate-2017.html

 

Boletim informativo